top of page

Fabio Luis exige esclarecimento sobre ausência de neuropediatra e psiquiatra na PAI

Crianças especiais que precisam de atendimento com neuropediatra ou psiquiatra não estão recebendo suporte da Prefeitura de Dourados através da Policlínica de Atendimento Infantil (PAI). Pais de pacientes procuraram o vereador Fabio Luis (Republicanos) para relatar o problema, o que fez o parlamentar solicitar ao prefeito Alan Guedes e ao secretário de Saúde interino Edvan Marcelo, esclarecimentos sobre o fato.


Em requerimento protocolado na Câmara de Vereadores, Fabio Luis questiona os gestores a respeito dos motivos para a suspensão das especialidades, uma vez que possuem caráter essencial para qualidade de vida das crianças acometidas por neuropatologias e síndromes.



O parlamentar também quer esclarecimento sobre suposta suspensão de contratos com médicos especialistas em neuropediatria e psiquiatria infantil para atender a PAI e que trabalho foi feito, sabendo do término desses acordos, para que essas crianças não ficassem sem o atendimento necessário.


“Conforme informações não oficiais divulgadas pela imprensa local, os referidos contratos não podem mais ser renovados, em se tratando de informação verídica, deveria a administração ter trabalhado na previsibilidade do fato, antecipando-se assim a essa deficiência que afeta diretamente a saúde de centenas de usuários do sistema de saúde. Cumpre destacar que os atendimentos nessas áreas médicas são imprescindíveis para diagnosticar e indicar os tratamentos necessários para crianças acometidas pelas mais variadas patologias e síndromes que necessitam de acompanhamento contínuo”, ressaltou Fabio Luis no documento endereçado ao gabinete do prefeito e do secretário de saúde.


O republicano sugeriu que sejam contratados os profissionais para suprir as referidas especialidades, a fim de que se mantenha o tratamento de saúde adequado às crianças que necessitam de acompanhamento médico contínuo, exigindo transparência com prazos às famílias que estão à espera do suporte médico para seus filhos.

92 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page