top of page

Fabio Luis questiona compra de compressor odontológico 70% mais caro



O vereador Fabio Luis (Republicanos) usou a tribuna da Câmara de Vereadores durante a sessão ordinária de ontem (07/11) para questionar a compra de compressor odontológico cujo preço de licitação é 70% mais caro que o custo encontrado em pesquisa rápida na internet.


Assinado no dia 16 de agosto, o contrato 208/2022 somou às dívidas municipais o valor de R$68.666,20 para aquisição de compressor de ar odontológico, cuja referência do fabricante é identificada pela sequência 8975706123.


Conforme o contrato, foram adquiridas 10 unidades do compressor, custando R$6.866,62 cada. Contudo, em pesquisa rápida na internet é possível identificar o mesmo produto a partir da referência sob custo de R$3.999,90 a unidade.


Pesquisando produtos semelhantes à descrição presente no contrato de compra, a faixa de preço não muda.


Para o parlamentar, é necessário que o Município esclareça a situação, uma vez que a ausência de zelo com o dinheiro público pode configurar crime e, sobretudo, resultar na falta de recursos para áreas de grande importância à comunidade.


“É preciso entender como se deu o processo de tomada de preços, uma vez que antes da licitação ser aberta, o Município é quem deve fazer pesquisa de custos para indicar os valores a serem aplicados na aquisição. Estou fazendo requerimento de informação para que possamos manter os cofres da nossa cidade preservados de qualquer mal uso do dinheiro público”, afirma o parlamentar.

4 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page