top of page

“Vacinas emergenciais são um passo importante para a vida normal que queremos”, afirma Fabio Luis

O vereador Fabio Luis (Republicanos) acompanhou a chegada da vacina Coronavac, produzida pelo Instituto Butantã em parceria com a farmacêutica Sinovac, a Dourados na terça-feira (19/01). Para o parlamentar, apesar da politização provocada em torno do imunizante, as vacinas emergenciais representam um passo importante “para a vida normal que queremos”.


O parlamentar acompanhou o ato simbólico que vacinou os primeiros douradenses. Nas redes sociais o republicano compartilhou registro da aplicação de dose primária em dois idosos acolhidos no Lar do Idoso.


Segundo o plano de imunização adotado pela Prefeitura de Dourados, a primeira etapa integra o grupo prioritário composto por profissionais da saúde que trabalham na linha de frente do enfrentamento à Covid-19, população indígena, idosos acolhidos e portadores de deficiência em condição de acolhimento institucional, com idade superior a 18 anos.



“Estamos caminhando a passos largos para retomarmos a nossa vida antes do coronavírus. Essas vacinas emergenciais são mais um passo importante para a vida normal que queremos, independente qual seja a origem. Desde que tenha aprovação da Anvisa, nosso órgão regulador, elas já se tornam uma luz no fim do túnel para a população que não suporta mais viver condicionada ao vírus”, afirmou o parlamentar.


As vacinas foram obtidas em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde e Governo Federal. Ao todo, Dourados recebeu 29 mil doses da Coronavac, que tem efeito imunizador somente a partir de duas aplicações. Assim a primeira carga será suficiente para imunizar 14,5 mil douradenses, sendo a maioria (80%) indígenas residentes nas reservas de Dourados.


“Torço para que dê certo, que seja eficaz. O mundo anseia pela cura. Que mais do que nunca possamos torcer pelo bem comum, fugindo da politização e dos holofotes com interesses pessoais. O marco é histórico para todos os brasileiros”, concluiu o parlamentar.


19 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page